Você sabe o que é Hemoglobina Glicada (Glicosilada)?

Hemoglobina glicada é a média das glicemias nos últimos 90 dias. A glicose fica “acoplada” à hemoglobina que está presente nas células vermelhas do sangue (hemáceas). Ela também é representada pela sigla HbA1c, que é uma das frações mais estáveis dosadas no sangue.

hemoglobina glicada

Ela não se modifica com o jejum da véspera do exame. Portanto, não adianta controlar a diabetes somente na véspera de fazer o exame, pois é ela quem irá acusar se o seu controle está ou não está de acordo com os limites recomendados!

Pode estar sendo avaliada a cada três meses, já que este é o tempo de vida médio das hemáceas (células vermelhas do sangue). Como dito anteriormente, ela é a responsável por revelar se o controle do diabetes está sendo bem feito. Deve permanecer, segundo os novos critérios, abaixo de 7%.

O tratamento, baseado num programa alimentar adequado, somado às atividades físicas frequentes e aos medicamentos (antidiabéticos orais) ou insulina, é a medida certa para se atingir um bom controle glicêmico!

É fundamental também a automonitorização, ou seja, a realização dos testes de glicemia capilar (dosagem da glicose no sangue através de uma picada no dedo) ou de glicosúria (dosagem da glicose na urina) feitos pelo próprio paciente em casa. Lembrando que a glicosúria praticamente já não está mais sendo utilizada, pois sabe-se que quando as substâncias redutoras (glicose) aparecem na urina, é por que a glicemia já deve estar acima de 180mg/dL (utiliza-se este método somente em casos em que é impraticável a medição capilar), portanto o mais indicado mesmo é realizar os testes de glicose no sangue.

Estes testes podem ser feitos antes das refeições e até mesmo cerca de duas horas após, e é importante que sejam anotados os valores em um caderno ou diarinho, para que seu médico possa avaliar na próxima consulta se seu controle está sendo bem feito ou se é necessário modificar a sua dosagem de insulina ou medicamento.

 

Fontes:

– www.tiojuliao.diabetes.org.br

– www.diabetes.org.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.