Trocando sangue por lágrimas?!?

Sim, meus amigos, é isso mesmo que vocês acabaram de ler! Trocando sangue por lágrimas! E quem está testando esta novidade é o Google Lab, uma divisão da Google que estuda diversos projetos de engenhocas revolucionárias e mirabolantes, como os óculos Google Glass. Este protótipo de Lentes de Contato promete captar informações referentes aos níveis de glicose sanguíneos diretamente do globo ocular, mais precisamente através das lágrimas.

Tipicamente, pequenas amostras de sangue retiradas das pontas dos dedos, combinadas às tiras reagentes e aos monitores glicêmicos dão os resultados precisos de como estão os níveis glicêmicos dos pacientes diabéticos em determinado momento. O que acontece é que, na maioria dos casos de diabéticos que têm esta disfunção há bastante tempo e que necessitam realizar os testes com maior frequência, devido aos longos anos de testes diários, torna-se cada vez mais difícil a obtenção das amostras, além do que,  o procedimento tende a se tornar cada vez mais dolorido, mesmo com os rodízios. Por isso, convenhamos, essa invenção veio bem a calhar!

Muitas vezes, quando uma pessoa tem diabetes há muitos anos, ela inevitavelmente se cansa deste interminável “compromisso” dolorido diário, e acaba por não fazer o monitoramento glicêmico corretamente. E, infelizmente, não tem outra forma de mantermos a glicemia sob controle senão nos sujeitarmos às picadinhas nos dedos para fazermos as correções. Imaginem eu, diabética há 26 anos, fazendo de 6 a 7 testes diários… Detalhe:  Eu apenas faço o teste na minha mão direita, porque toco violão e não consigo fazer as notas quando furo os meus dedos da mão esquerda! Fica muito dolorido, mesmo furando nos lados. Alguns devem estar pensando “que menina mais sado-masoquista essa” rsrsrs… Mas, hoje eu não consigo mais ficar sem as minhas picadinhas nos dedos, pois elas são o meu parâmetro para a minha contagem de carboidratos e para as minhas correções. Fico totalmente perdida sem elas!

Já existem diversas pesquisas de alternativas menos doloridas e invasivas para se fazer um bom monitoramento glicêmico, utilizando-se de saliva, urina e, sim, lágrimas! Muitas delas ainda são protótipos, outras até já estão prontas para serem comercializadas em outros países, porém os preços são bem salgados… As lágrimas são excelentes, pois proporcionam resultados extremamente precisos, porém não é muito fácil de se conseguir amostras com a frequência que nós diabéticos precisamos, a não ser que comecemos a chorar sem motivo algum! rsrrs

Mas, e as lentes da Google? Estas lentes são compostas por duas finas camadas gelatinosas, entre as quais estão situados um micro sensor, um micro-chip que processa as informações, e uma micro-antena que envia estas informações para outros dispositivos, como aplicativos para smartphones. E tudo isto sem causar o menor desconforto (sim, porque estes micro-aparatos dos quais as lentes são dotadas são quase que imperceptíveis a olho nu), e com a grande vantagem de se poder coletar dados quantas vezes se fizer necessário!

lente-de-contato-google

E quando é que isso será lançado no mercado? Bem… Ainda não se tem uma previsão. Porém, quando este protótipo começar a ser comercializado, certamente isto será divulgado pela mídia, e gerará aquele alvoroço! Além de preços exorbitantes, é claro! Então, preparemos os nossos bolsos, amigos docinhos, porque este projeto irá revolucionar a maneira como milhões e milhões de diabéticos no mundo inteiro passarão a controlar os seus níveis glicêmicos!

 

Fontes:

– www.iflscience.com (New smart contact lens could monitor glucose for diabetics)

– www.diabeticool.com (Google revoluciona com lente de contato que mede a glicemia)

4 Comentários


  1. Adorei a noticia, meu filho é diabético a 5 anos, hoje ele tem 11 anos e eu é que monitoro a glicemia dele, e sofro muito em ter que furá-lo várias vezes ao dia, tanto medindo a glicemia como aplicando a insulina. Espero que está inovação não demore muito a chegar no mercado pois vai ajudar tantas pessoas a viver melhor (sem dores e sangue toda hora). Que Deus ilumine os cientistas para que eles tragam melhorias para tantos diabéticos.

    Responder

  2. quando teremos acesso e quanto vai custar?
    abraços,

    martiniano

    Responder

    1. Oi Martiniano! Tudo bem? Então, ainda não temos informações sobre quando ela será lançada no mercado e nem sobre preço, mas assim que tivermos, com certeza, divulgaremos aqui no blog! Um grande abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.