Como a dieta e a prática de atividades físicas interferem no controle do Diabetes

Olá docinhos e docinhas de plantão!

Hoje resolvi falar um pouquinho para vocês sobre como a dieta e a prática de atividades físicas interferem no controle do Diabetes. Falo isso por experiência própria, pois sempre fui sedentária, ainda mais depois que virei empresária e “workaholic”, e após uma consulta com minha endócrino, após me dar conta de que estava muito acima do meu peso, começando a desenvolver resistência à insulina, com problemas hormonais (de ovários policísticos), pernas sempre inchadas e quase arrastando a língua no chão para subir escadas (isso com certeza foi a gota d´água!), resolvi que tinha que mudar meus hábitos, ou então teria a minha saúde e minha qualidade de vida afetadas.

Então, resolvi conversar com a minha amiga e nutricionista Maria Fernanda, para que ela criasse uma dieta balanceada e adequada às minhas necessidades (e ao programa de exercícios que eu resolvi iniciar para me ajudar na redução de peso). Eu sempre tinha uma desculpa na ponta da língua para o meu sedentarismo: “é que o meu trabalho me consome muito, e não tenho tempo para praticar nenhum tipo de exercício”. Tudo bem que depois de um dia longo e cansativo de trabalho, ninguém tem vontade nenhuma de sair de casa para ir à academia, ainda mais chegando tarde todos os dias, como era o meu caso. Então, resolvi usar a bicicleta ergométrica e a cadeira de abdominais que estavam lá em minha casa servindo de cabide, e comecei a praticar 2 horas de exercícios diariamente (chova ou faça sol). E ainda aproveito para fazer a minha meditação diária ouvindo meus mantras enquanto pratico meus exercícios.

Após 4 meses de dieta e exercícios diários, já consegui reduzir 8kg, não tenho mais inchaço nas pernas, minha disposição, meu humor e minha auto-estima melhoraram 100%, e meu controle glicêmico então, nem se fala! E outra coisa interessantíssima, é que a redução de peso até  surtiu efeito em meu problema hormonal, pois meus ciclos menstruais voltaram ao normal sem mais a necessidade de tomar progesterona ou  indutores de ovulação. Mas, ainda falta perder mais 5kg, que com determinação tenho como meta reduzir até o final do mês de abril.

Mas, como que as atividades físicas podem ajudar no controle glicêmico? Como já vimos em um post anterior sobre a prática de atividades físicas, o que ocorre é que ao nos movimentarmos , aumenta a absorção de glicose pelos músculos, e consequentemente, há uma maior sensibilização do nosso organismo à ação da insulina, fazendo com que a demanda de energia (glicose) pelas células musculares aumente, devido ao gasto energético que as células têm para realizarmos os movimentos musculares. E é a insulina que ajudará esta glicose a entrar nas células para gerar energia para o funcionamento do nosso organismo. Portanto, quanto mais insulina circulando em nosso sangue, mais glicose entra nas células, e mais diminui a concentração de glicose circulante no sangue (glicemia).  Por isso é que devemos ajustar a quantidade de insulina a ser aplicada aos nossos gastos energéticos, a fim de se evitar hipoglicemias indesejáveis.

Bom, é isto pessoal! Espero ter ajudado a esclarecer as dúvidas de todos com relação à prática de exercícios e à importância de se adotar hábitos de vida saudáveis, a fim de se melhorar a qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.